Os perfis tecnológicos mais procurados

A necessidade de transformação digital e a eficiência empresarial requerem novos profissionais que saibam colocar a empresa na nuvem, automatizar os seus processos e a atenção ao cliente, melhorar o seu rendimento mediante a análise de dados e protegê-la. Mais do que nunca, a empresa precisa de conhecer as competências e as novas profissões capazes de garantir a sua competitividade.

Os perfis de TI mais procurados

Não é novidade que os perfis tecnológicos são os que têm mais futuro. Mas a variedade dos mesmos, que começam a ser muito procurados e que, além disso, se caracterizam por serem globais. Um profissional tecnológico está cada vez mais especializado, e precisa adaptar-se continuamente a novos desafios.

Tal como aponta o mercado, perfis como data scientist, programadores de plataformas de conversação, business analyst ou consultores de cibersegurança serão os perfis tecnológicos mais procurados em 2019.

 

Digitalização da empresa

A transformação digital do parque empresarial requer profissionais capazes de concebê-la e executá-la de forma personalizada para cada empresa. Já começou a corrida para captar talento tecnológico e para dispor de trabalhadores com habilidades adaptadas aos tempos modernos.

Nos próximos anos, a empresa vai precisar de programadores de aplicações móveis e de engenheiros de software que unifiquem as soluções utilizadas em diversos departamentos e mantenham a empresa atualizada. A programação será igualmente uma habilidade que deverão possuir quase todos os profissionais para se moverem com desenvoltura no universo digital.

Um programador de serviços cloud também vai ser crucial no processo de tornar e manter seguros os processos da empresa “na nuvem”. Bem como um profissional preparado para explorar o domínio do blockchain.

Analítica de dados

Num mundo inundado por dados, chegou o momento de investir em especialistas que os interpretem e explorem em tempo real. Hoje, os dados são cruciais num negócio, pela sua capacidade de prever resultados e de efetuar prognósticos.

Data scientist ou Business analyst são dois dos perfis profissionais mais procurados para elaborar processos tecnológicos que explorem o investimento em dados. Também especialistas gráficos que os saibam plasmar visualmente para que qualquer pessoa compreenda rapidamente as informações que os dados fornecem.

Os dados também serão imprescindíveis para segmentar e oferecer personalização e comunicação individualizada aos diferentes clientes. O e-commerce delivery manager ou o Growth hacker vai ser a chave para levar a cabo um marketing digital eficiente.

Inteligência artificial

O serviço de apoio ao cliente está a robotizar-se. Já existem chatbots e assistentes virtuais de voz capazes de compreender e de prestar um excelente serviço ao utilizador. As empresas vão precisar de perfis tecnológicos profissionais não apenas que os concebam e programem, mas também de especialistas em machine learning, ou seja, profissionais que ensinem às máquinas a aprender dos clientes e a melhorar continuamente.

A automatização de processos é outra das grandes frentes empresariais. Eficiência, ganho de tempo e, especialmente, libertação de tarefas repetitivas ou que possam ser feitas por um software ou um robô, são benefícios demasiado valiosos que tornam impossível não investir nesta área da inteligência artificial.

O objetivo primordial é que a equipa de trabalho utilize 100% daquilo que nos define como humanos: análise, gestão, direção, criatividade, inovação…

Cibersegurança

Os auditores de segurança vão ter de proteger as empresas que têm toda a sua informação na nuvem, que realizam digitalmente as suas transações e que colocam a sua reputação nas mãos das redes sociais. E, especialmente, que começam a dar os seus primeiros passos na tecnologia blockchain.

Os especialistas em segurança de TI e dados vão ter que demonstrar uma boa capacidade de antecipação perante os riscos que não podemos ainda nem sequer imaginar.

 

Na Claire Joster, somos especialistas na procura e seleção de profissionais especializados no setor das Tecnologias da Informação.